Este website só é possível devido à publicidade nele contida.
Por favor desligue o seu bloqueador de publicidade neste site, e ajude-nos a mantê-lo no ar.
Obrigado.
Clique em OK para obter dicas de pesquisa neste critério


OK                        
Este critério de pesquisa está acessível apenas a Membros VIP.
Se já é Membro VIP faça Login. Para se tornar Membro VIP clique aqui.


                        
EnglishPortuguês




Marco Rodrigues - Tantas Lisboas

Edições - Setembro 14, 2010
"Tantas Lisboas" apresenta alguns clássicos - como o lendário "Fado do Estudante"  ou alguns fados tradicionais reunidos numa rapsódia, prática que tem caído em desuso na comunidade fadista - e muitos originais, incluindo dois temas com música do próprio Marco Rodrigues.

Aliás, neste álbum Marco Rodrigues - e tal como acontece muitas vezes ao vivo - acompanha-se, também, à viola. E, diz ele, isso não lhe faz perder a intensidade ou a verdade do canto: "Pelo contrário. Sinto-me muito mais confortável sendo eu a tocar viola porque a minha forma de estar na música, ao vivo, é um pouco irreverente. Gosto de controlar as dinâmicas, os andamentos, de ser eu a segurar o todo. Quando se concentra essa energia só a cantar é fantástica. Mas quando se concentra essa enegria a cantar e a tocar, levando as dinâmicas lá para cima ou capara baixo, ainda é melhor".

A cidade de Lisboa está presente, naturalmente, em muitas canções do álbum. De todas elas, Marco Rodrigues destaca "O Homem do Saldanha", um dueto com Carlos do Carmo, com letra de Boss AC e música de Tiago Machado. "Este tema fala de uma personagem típica de Lisboa - à semelhança de muitos fados antigos que falavam de personagens verdadeiras - que é aquele senhor que passa as noites no Saldanha a acenar às pessoas. E o Tiago Machado, que faz parte da banda do Boss AC, pediu-lhe a letra para o tema. Depois disso, surgiu a oportunidade de fazer o dueto com o Carlos do Carmo - que é uma das minhas grandes referências no fado e que foi uma pessoa que me aconselhou e direccionou várias vezes - e tudo se conjugou na perfeição. Já mostrei o tema ao senhor do Saldanha e adorou-o. Foi uma das experiências mais gratificantes da minha vida: emocionou-se com a letra e, na conversa que tive com ele, percebi que, apesar da fama de maluquinho, é mais lúcido e inteligente que muitos de nós". E, não é preciso acrescentar que este dueto com Carlos do Carmo encheu Marco Rodrigues de "wm genuíno e agradecido orgulho. É um bocado como estes cantores de jazz novos, como o Michael Bublé, cantar com o Sinatra com a diferença de que eleja não pode e eu posso".

Para além de Boss AC, há mais dois poetas contemporâneos que dão um importante contributo ao novo álbum de Marco Rodrigues: Inês Pedrosa (que assina uma letra) e Tiago Torres da Silva (que assina quatro letras): "Eu não conhecia a Inês Pedrosa até há dois anos, quando participei no Festival RTP da Canção a convite do Tiago Machado. Efoi o Elvis Veiguinha que pediu à Inês Pedrosa para escrever a letra. Foi uma experiência fantástica tê-la conhecido. Ela — que é inteligentíssima e uma pessoa muito interessante -percebeu imediatamente o que pretendíamos: falar de Portugal e das suas conquistas sem cair nos clichés habituais. E é aí que nasce o poema Em Agua e Sal'. O Tiago Torres da Silva, que me foi apresentado pela Mafalda Arnauth, é um poeta que tem uma sensibilidade especial a escrever para fado. Todas as letras que lhe pedi chegaram-me às mãos já acabadas. Por vezes há letras que têm que ser adaptadas por questões de dicção ou por o intérprete não se sentir confortável a cantá-las, mas no caso do Tiago Torres da Silva não é preciso mexer".

Com Mafalda Arnauth, Marco Rodrigues canta "Valsa das Paixões", que tem letra de Tiago Torres da Silva çmúsica de Tiago Machado, o single de avanço deste álbum. "A Mafalda é uma grande amiga e uma pessoa que admiro imenso. O Tiago Machado compôs uma valsa clássica, depois o Tiago Torres da Silva escreveu uma letra muito 'salão de baile', muito 'príncipe e princesa', e percebemos logo que era necessário que este tema tivesse uma voz feminina para juntar à minha. E a escolha da Mafalda acabou por ser natural, tanto pela amizade como pelo registo tímbrico da sua voz. E também ela me deu o privilégio e o prazer de fazer parte deste disco".
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar Imagem


Uma fragrância que prima pela diferença!

Loja Online

Amália Rodrigues - En español
Amália Rodrigues - En español
€12.00


Pedro Moutinho - O fado em nós
Pedro Moutinho - O fado em nós
€12.00


Michel Giacometti - Filmografia Vol.03
Michel Giacometti - Filmografia Vol.03
€8.90


Cristina Gonçalves - Porto meu
Cristina Gonçalves - Porto meu
€15.00


Michel Giacometti - Filmografia Vol.02
Michel Giacometti - Filmografia Vol.02
€8.90



               

Redes Sociais

       

Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter.

Portal do Fado


©2006-2017 Todos os direitos reservados.