Este website só é possível devido à publicidade nele contida.
Por favor desligue o seu bloqueador de publicidade neste site, e ajude-nos a mantê-lo no ar.
Obrigado.
EnglishPortuguês




Yolanda Soares - Royal Fado

Edições - Fevereiro 15, 2017
Neste terceiro álbum, Yolanda Soares inspira-se novamente em Fados Amalianos.

Amália é a sua grande influência dentro do Fado, mas numa época muito específica da carreira de Amália, onde o Fado sofreu uma “transformação”, quer com a escolha de autores mais eruditos (como Camões por exemplo) quer pelas melodias mais complexas e elaboradas ( principalmente as do compositor Alain Oulman ). 

Nessa época os guitarristas tinham alguma dificuldade em abordar tais fados, e em tom irónico diziam: “... lá vai ela para as óperas...” . Foi exactamente este termo que serviu de inspiração para todo um conceito onde Yolanda Soares recria alguns fados Amalianos dando-lhes o carácter romântico da ópera e acrescentando também sonoridades da World music ( Flamenco, Tango, Oriental etc...). Reconhece-se em Yolanda Soares uma capacidade de criar, inovar e trazer sempre alguma surpresa aos seus projectos e este não é excepção. 

Royal Fado é isso uma inspiração artística e musical que começa no Fado, é envolvido em música clássica e ainda ornamentado com estilos da dita “World Music”, onde o Fado é Rei inspirando tudo o resto, e onde o povo ascende ao trono com este estilo musical tão representativo de um sentimento.De uma alma. De um Pais. É por este facto que Yolanda Soares apresenta agora, como single deste CD , e como primeira abordagem deste conceito, um Fado que Carlos Paião fez para Amália intitulado de “ O nosso povo”. 

Para Yolanda Soares os fados mais arrojados de Amália não são de todo diferentes da ópera, já que na sua essência comportam uma carga emocional, um virtuosismo vocal e uma complexidade melódica que se poderia quase associar a árias de Puccini ou Verdi. A uma época romântica e virtuosa. Não é de todo atrevido dizer que Amália é a nossa Callas do Fado. 

Yolanda decidiu abordar os Fados de Amália escolhendo a Harpa como instrumento “chave” para esta abordagem, onde pretende unir o Fado a uma linha de época mais romântica e também do “universo” world music. Neste trabalho Yolanda Soares associa o Fado à nobreza não esquecendo que a monarquia também tem e teve um peso fundamental na estrutura arquitetónica e cultural de Portugal. 

Na procura de todo este universo, Yolanda Soares decidiu convidar uma artista muito especial, oriunda do País de Gales (ao qual a Harpa está muito associada), a conceituada ex-harpista oficial da casa Real Inglesa, Claire Jones, que dá esse toque necessário de romantismo e nobreza, e que juntamente com a nobreza de “toque” da guitarra Portuguesa de Custódio Castelo e os arranjos do percussionista e compositor Chris Marshall cruzam as fronteiras da distância e acrescentam aos Fados Amalianos uma sonoridade única . 

Ancestral , romântica, mas também tradicional, universal e moderna. É um trabalho que passa as fronteiras do tradicional. Vai além de conceitos estanques e abrange universos muito generalizados.

Edição: By the music; 2016

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar Imagem


Uma fragrância que prima pela diferença!

Loja Online

Unos españoles en la corte del rey Fado
Unos españoles en la corte del rey Fado
€17.90


Cláudia Madur - Fado sem Tempo
Cláudia Madur - Fado sem Tempo
€15.00


Michel Giacometti - Filmografia Completa 12 Volumes
Michel Giacometti - Filmografia Completa...
€100.00

Mafalda Arnauth - Flor de Fado
Mafalda Arnauth - Flor de Fado
€12.00


Camané - Uma noite de fados
Camané - Uma noite de fados
€12.00



               

Redes Sociais

       

Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter.

Portal do Fado


©2006-2016 Todos os direitos reservados.