EnglishPortuguês

Paulo Bragança

Fadistas - Actualizado em Março 07, 2019
Fadista e ator português, nascido em 1967, em Angola, é responsável por algumas das mais radicais transgressões feitas no fado, gerando grande polémica sobretudo na década de 1990.

O primeiro contacto que Paulo Bragança teve com o fado foi, ainda em criança, através do álbum de Amália Rodrigues gravado ao vivo no Japão. A música esteve presente desde cedo, com vários guitarristas e fadistas amadores na família.
A sua vida acompanha a diáspora. Abandonou Angola, após o 25 de abril de 1974, e fixou-se, nos Estados Unidos. Só aos 10 anos veio para Lisboa, onde o fado estava mais presente do que nunca. Estudou Direito na Universidade Clássica, mas, nas vésperas da graduação, desistiu do curso. Foi desafiado a cantar, numa festa universitária, e apercebeu-se de que o fado era a sua verdadeira vocação. Chegou a inscrever-se no Conservatório de Música, mas foi recusado. Entrou, então, no circuito das casas de fado. Contudo, logo desde o início, quis desafiar as regras rígidas do meio, questionando a tradição e encontrando arrojadas formas de se exprimir, através da música e não só.

A imagem excêntrica de Paulo Bragança é uma das suas marcas. Ao princípio, usava um casaco de cabedal e botas da tropa. Com o tempo encontrou trajes folclóricos, que lhe deixavam parte do tronco despido e passou a cantar de pés descalços - o que se tornou a sua principal imagem de marca. Assumindo-se sempre como fadista, criou inúmeras polémicas, com acusações violentas na imprensa ao meio do fado tradicional e à sua 'institucionalização'.

Em 1992, gravou o seu primeiro disco, Notas Sobre a Alma (Polygram). É um álbum bastante conservador, em que Bragança viu o seu campo de ação restringido pelos planos da editora. O álbum conta com várias composições do guitarrista Mário Pacheco e letras de Rosa Lobato Faria, Jorge Fernando, entre outros. Jorge Fernando assume também a produção.

Dois anos depois, lançou Amai (Polygram/Luaka Bop), em que exprimiu de forma mais clara o seu estilo subversivo. Produzido por Rui Vaz, Carlos Maria Trindade e o próprio Paulo Bragança, cruza o fado com samplers, coros, interlúdios, música tradicional, flamenco e pop-rock. Interpreta "Sorrow's Child", de Nick Cave, e "Adeus", dos Heróis do Mar. O álbum gerou grande polémica, mas David Byrne, o vocalista dos Talking Heads, apaixonou-se por ele, e integrou-o no catálogo da sua editora a Luaka Bop. Teve assim edição mundial. E Paulo Bragança passou a ser um dos fadistas mais internacionais, com particular destaque nos Estados Unidos.
Em 1996, lançou o seu terceiro álbum, O Mistério do Fado (Polygram), cuja capa é um retrato do seu avô. Incluindo algumas letras da sua autoria, mantém o estilo do álbum anterior. O mais surpreendente é a adaptação ao fado de "Remar Remar", dos Xutos & Pontapés.

Seguiu-se um jejum editorial de cinco anos. Pelo caminho, participou na coletânea Red Hot + Lisbon (1999), em que interpretou, acompanhado por Carlos Maria Trindade, "A Névoa". Também foi lançada uma coletânea, com os seus melhores êxitos.

Em 2001, saiu o seu quarto álbum de originais, Lua Semi-Nua (Ovação), em que radicalizou ainda mais o discurso. Produzido por José Cid, inclui algumas surpresas, como uma versão eletrónica do clássico do fado de Coimbra "Samaritana" (Álvaro Franco); uma versão de "Minha Senhora da Solidão", de Jorge Palma; ou uma 'visita' ao mundo da droga, com uma nova letra, da sua autoria, para "Fado Falado", com o título "Fado Mudado" (Paulo Bragança/Francisco Menano).
A outra grande paixão de Paulo Bragança é a representação. Chegou mesmo a inscrever-se num curso de teatro e participou no filme Tráfego (1998), de João Botelho, tendo interpretado o hino nacional.
Em 2009 estreou a curta metragem "Henry and Sunny", realizada pelo irlandês Fergal Rock, com Paulo Bragança como actor principal.Infopédia


Artigos Relacionados


Comentários
-3 #1 pantufa 2009-06-12 00:02 O Paulo Braganca tem vivido em varias cidades europeias ao longo dos ultimos 4 anos e isto de fonte fidedigna pois sou amigo da senhora sua mae, senhora distinta e de garra daquelas a moda antiga. Viveu em Londres, fez um filme em Dublin na Irlanda, onde tem o papel principal. O filme ira ainda este ano ser apresentado em alguns festivais naquele país e em 2010 pela Europa e o resto se vera! Eu nem deveria passar o que sei, mas também ninguém me pediu segredo, tampouco o próprio. Como diz a Madalena, este pais tem um caso de amor de perdicao, esquizofrenicam ente fatal e masoquisticamen te sadico, pela ma lingua, essa leprosa que contagia de merda o imaginario ja por si pequenininho de muita, muita mesmo daquela gente que habita (porque em parte alguma, mais, os deixaram) em Portugal. Nao sao, por certo, portugueses! Sao criaturas aqui (por excelsa piedade) degredadas. O Paulo Braganca nao se fica por cantar!Aguardem e sentados pra depois o tombo ser leve… o Braganca anda por terras santas, depois dum austero retiro algures na Birmania. Ardentemente anseio pelo teu regresso Paulo… Que as penas deste mundo doente te sejam leves, meu fadista d'aquem e d'alem Fado.
Ja agora o filme chama-se HENRY and SUNNY do realizador irlandes Fergal Rock e mais nao digo… da-lhes Braganca!
Citação
+2 #2 TóMendes 2009-06-12 08:16 "o Braganca anda por terras santas,depois dum austero retiro algures na Birmania". Parece que virou moda os portugueses irem para a Àsia fazer retiros santos por algum motivo. Se fretassemos um avião e oferecessemos viagems grátis para a Birmania, aposto que o avião partiria cheio. E muitos deles seriam fadistas. Ou diriam que são fadistas porque alguns, coitadinhos, andam iludidos quanto a isso há muito tempo. O povinho deu-lhes algumas esperanças e eles convenceram-se de que o eram de facto.
Espero que o Paulo se tenha encontrado por lá.
Mas o Pantufa tem razão somos um povo mesquinho que adora a má língua.
Por isso mesmo desejo que o Paulo Braçança tenha muito sucesso lá fora e que até ganhe um Òscar para elevar o seu nome e fazer-nos ter a certeza que ele é melhor actor do que fadista.
Tudo o que sirva para elevar com dignidade o nome do país, é bemvindo.
Vamos aguardar então para ver o que aí vem. Espero é que não demore muito a vir senão é melhor puxar uma cadeira, sentar calmamente e calçar umas confortáveis pantufas, não vá a espera gelar os pés e causar uma forte gripe.
Citação
#3 Fadistola 2009-09-14 23:11 Olá Pantufa,

Antes de mais um muito obrigado pela informação que nos deu sobre paulo bragança. pois sou admiradora dele. gosto da sua interpretação vocal como das suas letras e músicas. no que diz respeito ao que não deveria passar o que sabe, quase que não era preciso passar muito info uma vez que henry & sunny tem myspace e também estão no facebook. também paulo bragança tem myspace (como já citado mais acima) e é possível aperceber-se das suas útlimas novidades.
Só espero poder ver henry & sunny em portugal…
Citação
#4 COPPELIA 2009-09-23 21:30 Olá a todos, entrei por acaso neste site e adorei sabem porquê? eu vou dizer… O Paulo Bragança é meu irmão, ele tem uma voz fabulosa e uma inteligencia fora de serie, eu sei que sou suspeita ao fazer este comentário mas se o conhecessem veriam que eu tenho razão. Em Setembro do ano passado estive em dublin com ele e esta fantastico, qualquer informação que precisem é só dizer… Citação
#5 Simone147 2009-09-24 16:25 Na minha opinião o Paulo quer queiram quer não é uma excelente voz de fado um jovem com muito valor e como a sua irmã diz muito inteligente talvez seja isso sim um mal amado do fado mas que tem valor não duvidem que o tem Citação
#6 Fadistola 2009-09-29 14:18 Algumas novidades sobre Paulo Bragança enquanto actor, o trailer do filme Henry & Sunny já está disponível para ver no myspace henry & sunny no seguinte link http://www.imdb.com/name/nm0103871/ e ainda no youtube http://www.youtube.com/watch?v=CRgVAlYiwcE Citação
#7 J.Jorge Mendes 2009-11-25 21:03 Existe na net para além do trailer de henry and sunny o vídeo com uma entrevista de Paulo Bragança. É só procurar por Paulo Bragança interview ou então pelo blog faseberlinense ou aqui http://vimeo.com/7806361 Citação
#8 paulino 2010-02-05 22:23 Tenho todos os albuns do paulo e vi varios concertos e simplesmente fiquei
rendido ao seu talento gostaria de saber para quando un novo trabalho ou concerto
Citação
PROCURA e OFERTA de Músicos!
Não procure mais... está tudo aqui!

Redes Sociais

     

Newsletter

Mantenha-se actualizado com as novidades do Fado.

Portal do Fado

©2006-2024  Todos os direitos reservados.