EnglishPortuguês

Investigação fadista em análise no Congresso Internacional

Arquivo - Maio 25, 2008
Congresso Internacional do Fado que acontecerá de 18 a 21 de Junho em Lisboa, pretende "fazer o ponto da situação sobre a investigação", explicou à Lusa o catedrático Artur Teodoro de Matos, da comissão organizadora.

Organizado pelas universidades Católica e Nova de Lisboa e o Museu do Fado, o Congresso "procura também ser um encontro entre a comunidade académica com os protagonistas desta música", disse a mesma fonte.

Estão assim previstas mesas redondas com intérpretes, poetas e músicos.

O musicólogo Rui Vieira Nery modera uma mesa sobre "práticas performativas: estilar e dividir, em que participam os fadistas António Rocha, Daniel Gouveia, Julieta Estrela e José Manuel Osório.

A etno-musicóloga Salwa Castelo-Branco, da Universidade Nova, modera uma outra mesa redonda sobre casas de fado, constituída pelos fadistas Carlos do Carmo e Maria da Fé, e os músicos José Pracana e Mário Pacheco.

A gestora do Museu do Fado, Sara Pereira, salientou à Lusa "a participação efectiva do meio fadista" ao lado "da divulgação das investigações mais recentes na área".

Sara Pereira apresentará o projecto de reconversão do museu e ainda uma comunicação intitulada "Para um estudo iconológico do Fado: a construção de uma identidade imagética (séculos XIX-XX)".

Também do Museu do Fado, Sofia Bicho irá falar sobre "Ser fadista - uma caracterização dos intérpretes de fado".

A participação dos investigadores estrangeiros foi salientada por Artur Teodoro de Matos.

"Curiosamente, a par de investigações nas universidades nacionais, com massa crítica e de qualidade, há muita produção no estrangeiro, onde o fado tem sido objecto de vários estudos", disse.

Entre os participantes estrangeiros refira-se Lila Ellen Gray, cuja comunicação se intitula "Fado taxonomies, fado genres, fado fado: towards an anthropology of fado genre", Ian Biddle que participará com a comunicação "The fado archive between phonography and trans-phonography" ou Kimberley Holton que falará sobre Alberto Resendes, "A One-man Outpost of Guitarra Construction in Newark".

Referência para a participação das investigadoras brasileiras Mónica Nunes e Heloísa Valente que apresentarão, respectivamente, as comunicações "À escuta do fado: Memória de afetos e de vínculos", e "O fado, na cidade de Santos".

O fenómeno fadista na cidade portuária do Estado brasileiro de S. Paulo é tema do filme "Canção d'além-mar: O fado na cidade de Santos pela voz de seus protagonistas", de Eduardo de Araújo Teixeira e Heloísa de A. Duarte Valente.

Amália Rodrigues, Carlos do Carmo e Artur Ribeiro serão temas centrais de comunicações a apresentar, respectivamente por Gabriela Cruz, João Silva e Regina Aguilar.

O Congresso está dividido em quatro painéis respeitantes a diferentes temáticas: "Processos históricos e práticas contemporâneas"; "Perfis artísticos, universos, artefactos e repertório"; "Discursos e processos de mediatização"; e, "Prática perfomativa".

Cada tema será apresentado e seguido de debate, procurando "promover uma visão crítica e transversal dos trabalhos apresentados", disse Artur Teodoro de Matos que adiantou à Lusa que "os resultados do congresso serão editados em livro".

A abertura do Congresso, dia 18 de Junho às 11:00 na Universidade Católica, caberá ao antropólogo Joaquim Pais de Brito, que foi o responsável pela exposição "Fado, vozes e sombras" apresentada no âmbito da Lisboa'94 capital Europeia da Cultura, no Museu de Etnologia.

A comissão científica do Congresso é constituída pelos catedráticos Salwa Castelo-Branco, Roberto Carneiro, Artur Teodoro de Matos e Rui Vieira Nery.

Vieira Nery, autor do livro "Para uma história do fado" apresentará uma comunicação intitulada "o desafio das fontes mudas: as edições de fado na segunda metade do século XIX", e Salwa Castelo-Branco, da Universidade Nova, falará sobre "músicos ocultos: percursos dos instrumentistas do fado".


Artigos Relacionados


Comentários
#1 fadovadio 2022-03-21 17:26 O que é mais útil para a música? Um musicólogo ou um instrumentista? De quem é que a música não pode passar? Um investigador ou de um compositor? O que é que verdadeiramente faz falta à música ? Concertos ou congressos? Citação
PROCURA e OFERTA de Músicos!
Não procure mais... está tudo aqui!

Redes Sociais

     

Newsletter

Mantenha-se actualizado com as novidades do Fado.

Portal do Fado

©2006-2024  Todos os direitos reservados.